Idiomas: POR | ENG | ESP

Blog

O Congresso Ganepão encara, dentro da sua proposta educacional, a disseminação de conhecimento como ação fundamental para o cumprimento de sua missão. Neste espaço, acompanhe conteúdo relevante baseado em evidência científica da área de Nutrição em todas as suas vertentes.

Acompanhe o GANEPÃO

Newsletter

Mantenha-me Atualizado:


GanepãoCAST - Dieta Cetogênica e Longevidade: Qual a Relação?

23 de março de 2018

Tags: ganepaocast dieta cetogênica longevidade

GanepãoCAST - Dieta Cetogênica e Longevidade: Qual a Relação?




A Dieta Cetogênica é uma estratégia que tem sido cada vez mais difundida.

Você sabe o que é, sua principal aplicação clínica, sua relação com a longevidade e o que os estudos dizem à respeito de sua eficácia?

Saiba mais no GanepãoCAST!

 

Referências

 

Newman JC, Verdin E. Ketone bodies as signaling metabolites. Trends Endocrinol Metab. 2014; 25(1): 42 – 52.

Paoli A, Rubini A, Volek JS, Grimaldi KA. Beyond weight loss: a review of the therapeutic uses of very-low-carbohydrate (ketogenic) diets. Eur J Clin Nutr. 2013; 67(8):789 – 96.

Shimazu T, Hirschey MD, Newman J, He W, Shirakawa K, Le Moan N, et al. Suppression of oxidative stress by β-hydroxybutyrate, an endogenous histone deacetylase inhibitor. Science. 2013; 339(6116):211 – 4.

 

#compartilheconhecimento #compartilheciencia #ganepao2018



5 Atitudes na Prevenção e Reversão de Doenças

22 de março de 2018

Tags: profissional de saúde prevenção reversão fqm

5 Atitudes na Prevenção e Reversão de Doenças




O Dr. Fábio dos Santos, Presidente da Associação Brasileira de Saúde Funcional e Estilo de Vida (ABRASFEV), tem um recado especial sobre a qualidade de vida do profissional da saúde.

 

#compartilheciencia #compatilheconhecimento #ganepao2018

 



Ganepão 60 NutriSegundos - Chá Quente Associado a Câncer de Esôfago

20 de março de 2018

Tags: chá quente álcool tabagismo câncer de esôfago




O consumo de chá quente a altas temperaturas está associado a risco aumentado de câncer de esôfago em indivíduos fumantes ou que consomem álcool.

 

Estudo que avaliou essa relação em mais de 450 mil indivíduos e autores concluíram que abster-se do chá quente pode ser benéfico para fumantes e consumidores de álcool em excesso. Assista!

 

Referência:

Effect of Hot Tea Consumption and Its Interactions With Alcohol and Tobacco Use on the Risk for Esophageal Cancer: A Population-Based Cohort Study. Canqing Yu, Haijing Tang, Yu Guo, Zheng Bian, Ling Yang, Yiping Chen, Aiyu Tang, Xue Zhou, Xu Yang, Junshi Chen, Zhengming Chen, Jun Lv, Liming Li. Ann Intern Med. 2018. DOI: 10.7326/M17-3370.

 

Confira este e outros conteúdos: acesse nosso blog: https://www.ganepao.com.br/blog/pt

 

Para conhecer a programação científica do Ganepão 2018 acesse - https://www.ganepao.com.br/congresso/2018/programacao/pt

 

E não deixe de fazer sua inscrição e aproveitar o valor da 2ªtabela - https://www.ganepao.com.br/congresso/2018/txt/inscricoes/pt

 

#compartilheciencia #compatilheconhecimento #ganepao #ganepao2018 #cancerdeesofago #nutricaoecancer

 



INFOGanepão - Novidades Imperdíveis no Ganepão 2018!

13 de março de 2018

Tags: nutrição pediátrica transplante de medula ganepão 2018






Presença Confirmada - Graziela Ravacci

08 de março de 2018

Tags: presença confirmada 2018 câncer graziela ravacci

Presença Confirmada - Graziela Ravacci




Graziela Ravacci, Nutricionista, Educadora Física e Doutora em Oncologia, discutirá aspectos referentes aos cuidados multidisciplinares no paciente com Câncer relacionados a Tumores Cerebrais, Câncer de Mama, Uso de Suplementos e Dieta Cetogênica, entre outros.

 

Confira o que ela tem a dizer!

 

 



Ganepão News&Views – Exercício, Dieta e Microbiota Intestinal

05 de março de 2018

Tags: exercício dieta microbiota intestinal

Ganepão News&Views – Exercício, Dieta e Microbiota Intestinal




EXERCÍCIO ALTERA A COMPOSIÇÃO MICROBIANA INTESTINAL INDEPENDENTE DA DIETA

O exercício está associado à mudança da composição microbiana intestinal, mas não sabemos se a microbiota intestinal e os metabolitos associados podem ser modulados por treinamento físico em humanos.

Estudo americano explorou o impacto de seis semanas de exercícios de resistência sobre a composição, capacidade funcional e produção metabólica da microbiota intestinal em adultos magros e obesos, com controle da ingestão alimentar em vários dias, antes da coleta de variáveis de resultados.

Participaram do estudo 32 indivíduos, sendo 18 magros (9 do sexo feminino) e 14 obesos (11 mulheres). Os participantes foram submetidos a seis semanas de treinamento supervisionado de exercício de resistência (3 dias / semana), com progressão de 30 a 60 minutos / dia e de intensidade moderada (60% da reserva de frequência cardíaca (HRR)) a vigorosa (75% HRR). Posteriormente, os participantes retornaram à atividade sedentária, de estilo de vida, por um período de washout de seis semanas. Amostras de fezes foram coletadas antes e após seis semanas de exercício, bem como após o período de washout e houve controle da ingestão de alimentos 3 dias antes de cada coleta.

A análise da diversidade da microbiota intestinal revelou que as alterações induzidas pelo exercício foram dependentes da obesidade. O exercício aumentou concentrações fecais de ácidos graxos de cadeia curta em participantes magros, mas não obesos. O exercício induziu mudanças na produção metabólica da microbiota acompanhadas por modificações em genes bacterianos e produção de ácidos graxos de cadeia curta. Por fim, as mudanças na microbiota induzidas pelo exercício foram revertidas após a interrupção do treinamento físico.

Conclusão: O treinamento físico induz mudanças de composição e função na microbiota intestinal humana que dependem do estado da obesidade, e da manutenção do exercício, independentemente da dieta.

Referência

Allen JMMailing LJNiemiro GMMoore RCook MDWhite BAHolscher HDWoods JA.Exercise Alters Gut Microbiota Composition and  in Lean and Obese Humans.Med Sci Sports Exerc. 2017.

 



GanepãoCAST - Conheça a Palatinose!

26 de fevereiro de 2018

Tags: palatinose ganepaocast

GanepãoCAST - Conheça a Palatinose!




Você conhece a Palatinose?

Sabia que ela pode ser utilizada como adoçante em substituição ao açúcar?

Saiba mais no no GanepãoCAST!

Referências

Lina BA1Jonker DKozianowski G. Isomaltulose (Palatinose): a review of biological and toxicological studies. Food Chem Toxicol. 2002 Oct;40(10):1375-81.

König D1Zdzieblik D2Holz A3Theis S4Gollhofer A5. Substrate Utilization and Cycling Performance Following Palatinose™ Ingestion: A Randomized, Double-Blind, Controlled Trial. Nutrients. 2016 Jun 23;8(7). pii: E390. doi: 10.3390/nu8070390

#compartilheconhecimento #compartilheciencia #ganepao2018



Ganepão 60 NutriSegundos - Ovo inteiro vs clara de ovo: qual o melhor pós exercício?

20 de fevereiro de 2018

Tags: ovo inteiro clara de ovo pos-exercicio




Qual o efeito do consumo de ovo inteiro e clara de ovo na síntese muscular pós-exercício? 

 

Estudo comparou respostas metabólicas corpóreas e de proteínas musculares, após o consumo de ovos inteiros com clara de ovo, durante a recuperação de exercício em homens jovens.

 

Saiba tudo no Ganepão 60 NutriSegundos!

 

Referência

Stephan van Vliet, Evan L Shy, Sidney Abou Sawan, Joseph W Beals, Daniel WD West, Sarah K Skinner, Alexander V Ulanov, Zhong Li, Scott A Paluska, Carl M Parsons, Daniel R Moore, and Nicholas A Burd. Consumption of whole eggs promotes greater stimulation of postexercise muscle protein synthesis than consumption of isonitrogenous amounts of egg whites in young men. Am J Clin Nutr 2017;106:1401–12

 

Não deixe de ver nossa programação científica em trilhas que está fantástica! - https://goo.gl/1wjH2V

 

Aproveite e cadastra-se em nossa newsletter para receber nossos conteúdos mensalmente por email - https://www.ganepao.com.br/pt/#newsletter

 

#compartilheconhecimento #compartilheciencia #ganepao2018 #ganepao60nutrisegundos

 



INFOGanepão – Como Reverter a Perda Muscular na UTI, Nutrição e Psiconeuroimunologia e outros

16 de fevereiro de 2018

Tags: perda muscular na uti psiconeuroimunologia




 


Ganepão News&Views - Baixo consumo de gordura e álcool estão relacionados a prevenção da obesidade a longo prazo

06 de fevereiro de 2018

Tags: baixo consumo gordura alcool obesidade

Ganepão News&Views - Baixo consumo de gordura e álcool estão relacionados a prevenção da obesidade a longo prazo




A obesidade é uma doença crônica complexa com prevalência crescente em todo o mundo e  associada a comorbidades, como doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão e câncer.

Estudo brasileiro buscou identificar fatores de risco isolados e/ou associados que pudessem influenciar pessoas adultas a tornarem-se obesas após 13 anos de seguimento.

Para isso, o estudo foi realizado em 2 fases: na fase 1, os autores coletaram dados antropométricos, sociodemográficos, de ingestão alimentar e estilo de vida de 685 indivíduos adultos. Após 13 anos de seguimento, na fase 2, essas variáveis foram coletadas novamente. O início de diagnóstico de sobrepeso ou obesidade foi utilizado como variável desfecho.

A idade média dos adultos incluídos na fase 1 foi de 42 ± 13 anos e na fase 2 foi de 56 ± 14 anos. O tempo médio de seguimento foi de 13 anos e o sexo feminino respondeu por 66% da amostra.

O ganho de peso total foi de 5,9 ± 10,2 Kg, o IMC aumentou em 2,6 ± 3,8 Kg/m2 e a circunferência da cintura aumentou 8,0 ± 10,5 cm. A prevalência de sobrepeso / obesidade passou de 49,1% na fase 1 para 69,8% na fase 2 (p <0,001). Os fatores associados com a diminuição do risco de sobrepeso e obesidade foram idades entre 50 e 64 anos (RR 0,40; IC 0,24-0,67 - p = 0,001) e ≥65 anos (RR 0,15; IC 0,06-0,35 - p <0,001), considerando moderado consumo de gordura (segundo quartil) (RR 0,59; IC 0,35-0,97 - p = 0,041), sem consumo de álcool (RR 0,59; CI 0,37-0,93 - p = 0,024) e tabagismo (RR 0,58; IC 0,39-0,86 - p = 0,007) na fase 1.

Os autores concluem que, após 13 anos de acompanhamento, possuir idade avançada, ter consumo moderado de gordura em comparação a baixo consumo, não consumir álcool e tabaco  relaciona-se a risco diminuído de início de sobrepeso e/ou obesidade.

O que aprendemos com esse estudo:

- as ações de prevenção da obesidade devem se concentrar em idades mais jovens e incluir políticas para reduzir o consumo de álcool.

- o estudo encontrou melhores resultados na prevenção da obesidade no grupo que consumiu gordura moderadamente, entretanto a qualidade da gordura ingerida não foi avaliada, mas já sabemos que as gorduras mono e poli-insaturadas possuem uma boa qualidade nutricional e podem trazer benefícios à saúde quando consumidas com moderação.

- são os efeitos da nicotina que levam a fatores pelos quais os fumantes têm menor risco de ganhar peso em comparação aos não fumantes. A nicotina atua como um supressor de apetite, gera sensações de saciedade e plenitude gástrica, inibe consumo de alimentos e aumenta taxas metabólicas basais. Apesar destes efeitos, é importante continuar a recomendação de combate ao tabagismo, considerando os efeitos nocivos da nicotina e outros tóxicos. Entretanto, vale de alerta para buscar outras estratégias que tem como resultados os mesmos efeitos da nicotina, mas sem efeito nocivo à saúde.

 

Referência

Ludimila Garcia Souza1, Thiago Veiga Jardim2, Ana Carolina Rezende, Ana Luiza Lima Sousa, Humberto Graner Moreira, Naiana Borges Perillo, Samanta Garcia de Souza, Weimar Kunz Sebba Barroso de Souza, Ymara Cássia Luciana Araújo, Maria do Rosário Gondim Peixoto1and Paulo César Brandão Veiga Jardim. Predictors of overweight/obesity in a Brazilian cohort after 13 years of follow-up. Nutrition Journal (2018) 17:10



Arquivos

Tema

Tags