Idiomas: POR | ENG | ESP

Blog

O Congresso Ganepão encara, dentro da sua proposta educacional, a disseminação de conhecimento como ação fundamental para o cumprimento de sua missão. Neste espaço, acompanhe conteúdo relevante baseado em evidência científica da área de Nutrição em todas as suas vertentes.

Acompanhe o GANEPÃO

Newsletter

Mantenha-me Atualizado:


Ganepão 60 NutriSegundos - níveis excessivos de folato e vitamina B12 plasmáticos durante a gravidez podem aumentar risco de autismo nos filhos

29 de setembro de 2017

Tags: folato vitamina b12 gravidez autismo




Estudo demonstra que níveis excessivos de folato e vitamina B12 plasmáticos durante a gravidez podem aumentar risco de autismo nos filhos.

 

Saiba mais assistindo no Ganepão 60 NutriSegundos!

 

Por: Giliane Belarmino e Dan L Waitzberg

 

Referência:

Ramkripa Raghavan, M. Daniele Fallin and Xiaobin Wang. Maternal plasma folate, vitamin B12 levels and multivitamin supplementation during pregnancy and risk of Autism Spectrum Disorder in the Boston Birth Cohort. The FASEB Journal. 2016; 30(1): Supplement 151.6.

 



Novas Diretrizes para o Gerenciamento de Hipertensão no Diabetes

27 de setembro de 2017

Tags: diretrizes hipertensao diabetes

Novas Diretrizes para o Gerenciamento de Hipertensão no Diabetes




A American Diabetes Association (ADA) atualizou suas diretrizes que orientam  profissionais de saúde sobre gerenciamento de hipertensão e diabetes. Publicada na edição de setembro da revista Diabetes Care, é a primeira orientação atualizada da ADA sobre o tratamento da hipertensão desde 2003.

 

As novas recomendações apresentam planos de estilo de vida para reduzir a pressão arterial (PA), que incluem sugestões para perda de peso, plano de dieta (DASH) e aumento da atividade física. Além disso, ressaltam que a meta de pressão arterial nos pacientes adultos com diabetes deve ser <140 / 90 mm Hg, pois reduz os eventos adversos cardiovasculares e algumas complicações microvasculares.

 

Em pacientes com alto risco de doença cardiovascular, recomenda-se um alvo menor de 130 / 80 ou 120 / 80 mm Hg. No entanto, esses objetivos devem ser alcançados de maneira menos invasiva possível, através de modificações no estilo de vida. De acordo com os autores, é necessário que o paciente entenda a importância da redução no consumo de sal, de dormir adequadamente e de praticar atividade física. “Demandará mais tempo e um nutricionista, mas deve ser o foco do tratamento”, afirmam os autores.

 

Além disso, o relatório recomenda fortemente que, em pacientes com diabetes, a pressão arterial deva ser medida em todas as consultas clínicas de rotina. Aqueles que apresentarem pressão arterial elevada (> 140/90 mm Hg) devem ter avaliações múltiplas, em dias diferentes, para diagnosticar hipertensão. Deve-se ainda incentivar o monitoramento da PA domiciliar por todos os pacientes hipertensos com diabetes, de modo a identificar a síndrome do revestimento branco.

 

Além da terapia de estilo de vida, o tratamento para pacientes com pressão arterial confirmada entre 140 / 90 mm Hg e 159 / 99 mm Hg pode ser iniciado com um único fármaco. Os pacientes que estiverem pelo menos 20 / 10 mmHg acima do objetivo da PA devem receber combinações de medicamentos, que incluem bloqueadores do sistema de renina-angiotensina, bloqueadores dos canais de cálcio ou diuréticos. As combinações de inibidores da enzima de conversão da angiotensina (ECA) e bloqueadores dos receptores da angiotensina (ARBs) não são recomendadas como terapia multidrogas para atingir os alvos de pressão arterial.

 

Os autores também enfatizam que pacientes grávidas com hipertensão pré-existente ou hipertensão gestacional leve (BP <160/105 mm Hg) e nenhuma evidência de dano no órgão final não devem ser tratadas com medicamentos anti-hipertensivos, uma vez que não há nenhum benefício que supere claramente os riscos potenciais.

 

Por fim, a diretriz recomenda que o tratamento individualizado deva se basear nas comorbidades presentes em cada paciente, e deve ser parte de um processo compartilhado de tomada de decisão entre o clínico e o paciente.

 

Referência

 

de Boer IH, Bangalore S, Benetos A, Davis AM, Michos ED, Muntner P, et al. Diabetes and Hypertension: A Position Statement by the American Diabetes Association. Diabetes Care. 2017; 40(9):1273-1284.



InfoGanepão - Conheça os temas em destaque do Ganepão 2018!

14 de setembro de 2017

Tags: temas em destaque ganepao 2018






Qual tema de curso pré-congresso você gostaria de ver no Ganepão 2018?

11 de setembro de 2017

Tags: ganepão 2018 pesquisa cursos pré-congresso

Qual tema de curso pré-congresso você  gostaria de ver no Ganepão 2018?




Na edição 2018, o Ganepão comemora 40 anos de existência!

Queremos realizar um congresso inesquecível, continuando a trazer conteúdo científico cada vez mais inovador e relevante para a sua vida profissional.

Dessa forma, pedimos que ajude-nos com a sua contribuição, respondendo a seguinte pergunta: Qual tema de curso pré-congresso você gostaria de ver no Ganepão 2018?

 

Clique no link e responda! - https://pt.surveymonkey.com/r/7MBDC9S

 

Conheça o Ganepão 2018! - https://www.ganepao.com.br/congresso/2018/pt

 

#ganepao2018 #compartilheconhecimento #compartilheciencia



Ganepão 60 Nutri Segundos - Novos Critérios de Desnutrição da ESPEN em Idosos

30 de agosto de 2017

Tags: ganepao 60 nutri segundos mortalidade desnutrição idoso




O envelhecimento populacional está ocorrendo de forma acelerada mundialmente. Estima-se que em 2050 haverá no mundo 7,7 bilhões de idosos, e em países em desenvolvimento a frequência é ainda maior. Como no Brasil, que ocupa o 6º lugar entre os países do mundo. Em consequência ao envelhecimento, ocorrem modificações morfológicas e fisiológicas em todo o organismo, que acarretam, entre outras consequências, redução da capacidade funcional, perda de massa muscular e aumento de risco de mortalidade.

 

Conhecer métodos de avaliação do estado nutricional com valor prognóstico é de extrema importância para guiar a conduta nutricional adequada nesta faixa etária.

 

No Ganepão 60 nutrisegundos desse mês, compartilhamos o resultado do estudo recém-publicado na conceituada revista Nature, que avaliou o valor prognóstico para mortalidade dos novos critérios de diagnóstico de desnutrição da ESPEN em idosos.

 

Não deixe de assistir!

 

#compartilheciencia #compartilheconhecimento #ganepao2018 #ganepao60nutrisegundos #avaliacaonutricional #idoso #desnutricao

Por: Giliane Belarmino e Dan L Waitzberg

 

Referência:

Jiaojiao Jiang, Xiaoyi HuJing Chen, Haozhong Wang, Lei Zhang, Birong Dong, Ming Yang. Predicting long-term mortality in hospitalized elderly patients using the new ESPEN definition. 2017, Scientific Reports 7: 4067.

Cederholm, T. et al. Diagnostic criteria for malnutrition - An ESPEN Consensus Statement. 2015, Clinical Nutrition. 34: 335–340.

 



Consumo de Glúten Reduz Risco de Doença Cardíaca

28 de agosto de 2017

Tags: gluten doenca celiaca doenca cardiaca coronaria ganepaocast

Consumo de Glúten Reduz Risco de Doença Cardíaca




NOVIDADE: GanepãoCAST - o PODCAST do Ganepão!

O podcast é um conteúdo de mídia (geralmente áudio) transmitido via RSS. Publicaremos mensalmente no Blog do Ganepão, um áudio sobre temas relevantes e atuais do mundo da nutrição.

O tema do Ganepão News&Views e GanepãoCAST de agosto é a relação da ingestão de glutén e doenças cardíacas. Não deixe de ler e ouvir! 

 

Com objetivo de avaliar a associação da ingestão, em longo prazo de glúten, com desenvolvimento de doença cardíaca coronária, estudou-se, de forma prospectiva, uma coorte de 64.714 mulheres e 45.303 homens do Estudo de Acompanhamento de Profissionais de Saúde.

 Foram pessoas que, sem história de doença coronariana, preencheram um questionário semi-quantitativo de frequência alimentar de 131 itens em 1986, atualizado a cada quatro anos até 2010.

Durante 26 anos de acompanhamento observou-se 2.273.931 pessoas por ano. Destes, 2.431 mulheres e 4.098 homens desenvolveram doença cardíaca coronária. O infarto do miocárdio fatal ocorreu em 2.286 participantes (540 mulheres e 1.746 homens) e infarto do miocárdio não fatal aconteceu em 4.243 participantes (1.891 mulheres e 2.352 homens).

Entre os indivíduos elegíveis para análise (64.714 mulheres e 45.303 homens), a ingestão diária média de glúten variou de 2,6 - 7,5 g entre as mulheres e 3,3 - 10,0 g entre os homens.

A ingestão de glúten correlacionou-se inversamente com a ingestão de álcool, tabagismo, ingestão total de gordura e ingestão de carne vermelha não processada e de forma positiva com a ingestão de grãos inteiros e refinados.

Nos participantes com ingestão média de glúten de 2,6 a 3,3 g a doença coronária incidiu em 352/100.000 pessoas, e nas com maior ingestão média de glúten (7,5 a 10g) a incidência foi menor (277/100 000 pessoas). Ou seja,   diferença de taxa de 75/100.000 menos casos de doença coronária em quem ingeriu mais  glúten.

Os autores concluem que a ingestão dietética em longo prazo de glúten não se associou ao risco de doença cardíaca coronária. No entanto, a exclusão do glúten pode resultar em consumo reduzido de grãos integrais benéficos, o que pode afetar o risco cardiovascular. A promoção de dietas sem glúten entre pessoas sem doença celíaca não deve ser encorajada.

 

Referência:

Benjamin Lebwohl, Yin Cao, Geng Zong, Frank B Hu, Peter H R Green, Alfred I Neugut, Eric B Rimm, Laura Sampson, Lauren W Dougherty, Edward Giovannucci, Walter C Willett, Qi Sun, Andrew T Cha. Long term gluten consumption in adults without celiac disease and risk of coronary heart disease: prospective cohort study. BMJ 2017;357:j1892





Ganepão 2017 - Indústria

22 de agosto de 2017

Tags: videos institucionais industria ganepao 2017

Ganepão 2017 - Indústria




Confira a participação da indústria no Ganepão 2017!

Conheça o Ganepão 2018! - https://www.ganepao.com.br/congresso/2018/pt



Ganepão 2017 - Científico

21 de agosto de 2017

Tags: videos institucionais cientifico ganepao 2017

Ganepão 2017 - Científico




O que a comunidade científica tem a dizer sobre o Ganepão 2017?

Assista e confira!

Conheça o Ganepão 2018! - https://www.ganepao.com.br/congresso/2018/pt



Aconteceu no Ganepão 2017 – Carol Ireton-Jones – FODMAPS

14 de agosto de 2017

Tags: aconteceu no ganepão 2017 fodmaps carol ireton-jones

Aconteceu no Ganepão 2017 – Carol Ireton-Jones – FODMAPS




Carol Ireton-Jones, PhD, RD, é Especialista em Terapia Nutricional e Consultora e Sócia-Diretora da Professional Nutrition Therapists, LLC.

Ela também é membro adjunto do corpo docente da pós-graduação da Texas Tech University, Lubbock, Texas, e membro clínico do corpo docente do Departamento de Nutrição Clínica na University of Texas Southwestern Medical Center, Dallas, Texas.

 

Ela esteve no Ganepão e falou sobre FODMAPS. Fodmaps é a sigla em inglês para “Fermentable Oligossacharides, Dissacharides, Monossacharides And Poliols”.

 

Quer saber mais?

 

Assista ao vídeo e acompanhe todas as novidades do Ganepão 2018 nas nossas redes sociais, app e blog. - http://www.ganepao.com.br/pt

 

O que é FODMAP? - Saiba tudo aqui! - http://www.nutritotal.com.br/mod/pergres/view.php?id=18561

 

#aconteceunoganepao2017 #compartilheciencia #compartilheconhecimento #ganepao2017 #highlightganepao #fodmaps #sindromedointestinoirritavel

 



Arquivos

Tema

Tags